THE DELAGOA BAY WORLD

20/04/2012

GUNGUNHANA A CAMINHO DO EXÍLIO, INÍCIO DE 1896

Filed under: Gungunhana, HISTÓRIA — ABM @ 01:04

Gungunhana e duas das oito mulheres favoritas que o acompanharam a bordo do vapor português Neves Correia a caminho de Lisboa, início de 1896. A permanência de Gungunhana em Lisboa foi um lamentável circo, concluída com o seu exílio na ilha açoriana da Terceira, onde faleceu em Dezembro de 1906. Quanto às oito rainhas, dada a propensidade da moralidade convencional e católica portuguesa, que nada aceitava senão uma relação monogâmica, foi dada a Gungunhana a oportunidade de escolher apenas uma de entre as oito para permanecer consigo. Mas elas refusaram: ou ficavam todas, ou nenhuma. No fim, ele ficou sem nenhuma e todas foram exiladas para a ilha de São Tomé, onde até agora a história parece que lhes perdeu o rasto.

Anúncios

1 Comentário »

  1. Foto magnífica. A postura clássica e nobre da mulher da direita, o desespero da mulher da esquerda, e o desânimo do rei, são comovedores. Atrás os espectadores do “circo”. Portugal não esteve, de facto, à altura dos seus pergaminhos, na forma como tratou um rei vencido em batalha.
    Quanto às mulheres, que demonstraram grandeza, Portugal foi do mais hipócrita. Na mesma época Portugal atribuía ao sultão turco Abd-ul-Hamid II, a Grã-Cruz da Ordem militar da Torre e Espada. O sultão estava longe de ser um selvagem e as suas mulheres superavam em número as de Gungunhana.

    Comentar por xico — 20/04/2012 @ 20:55


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: