THE DELAGOA BAY WORLD

07/05/2012

A IGREJA DE NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO EM QUELIMANE, 2012

Filed under: Quelimane - Igreja N S do Livramento — ABM @ 10:33

A foto foi restaurada por mim. Na verdade o edifício está uma desgraça completa e abandonado. Não há por aí uns católicos com tempo livre e umas massas para a restaurar e ajudar a trazer-lhe uma nova vida?

Nota do Luis Bulha, que transcrevo com vénia:

Em Agosto de 1498, alguns meses após a chegada de Vasco da Gama à Índia, nascia em Lisboa, sob a égide da protecção real, a Confraria da Santa Casa da Misericórdia.

Um século depois, contava-se mais de uma centena de Misericórdias espalhadas por Portugal Continental e mais de cinquenta nos territórios ultramarinos.

A Monarquia tinha interesse em que houvesse Misericórdias no Ultramar, caso contrário não as financiaria. E só o apoio régio ajuda a explicar a rápida disseminação dessas instituições pelos diferentes espaços do Império.

A responsabilidade pela organização religiosa das terras conquistadas obrigava a Coroa portuguesa a financiar as estruturas eclesiásticas que se implantavam nos territórios ultramarinos, dotando igrejas paroquiais e conventos, concedendo esmolas a frades e a missionários, pagando o vencimento dos clérigos.

Uma das igrejas paroquiais foi a de Nossa Senhora do Livramento, em Quelimane, mais conhecida por Catedral Velha. Foi construída em 1785 (4 anos antes da Revolução Francesa). É uma das primeiras edificações da cidade. No seu interior jazem cinco urnas, três das quais de altas figuras que governaram a Província, na altura distrito da Zambézia.

Um antigo jornalista inglês (sé. XIX), relatando a sua passagem por Quelimane, dizia, na altura: “Há, também, a Igreja católica, um bom edifício com as suas duas torres e situado em frente do porto; ao entrar nela deparei-a repleta de decorações e contendo algumas figuras de Nossa Senhora”.

A Igreja não era particularmente rica, comparada com outras do género em pleno período colonial português, onde se notabilizavam trabalhos em talha dourada e a azulejaria. Mas não deixava de ser um símbolo querido das gentes da Zambézia, muito em particular de Quelimane.

Para tristeza de muitos, está, hoje, votada ao esquecimento.
Aqui fica, pois, a minha pequena homenagem.

A Igreja de Nossa Senhora do Livramento na baixa de Quelimane, 2012.

Anúncios

3 comentários »

  1. Excelente e elucidativo este artigo.
    Ilustra, na perfeição, o estado decadente e lastimável deste edifício. Eu próprio presenciei há cerca de 5 anos o desaparecimento (roubo) dos sinos. Aconteceu da noite para o dia. Derrubaram-nos e venderam-nos aos sucateiros.
    Em Quelimane vivi (2000 a 2010) e ali passei alguns dos melhores anos da minha vida. Também eu tentei por algumas vias (incluindo junto das autoridades eclesiásticas em Portugal e por sensibilização em acções de voluntariado) arranjar forma de alguém se dedicar á restauração da “Catedral Velha”. Tentativas infrutíferas que infelizmente perduram. Nada feito; entristece-me a mim e a tantos outros que para este edifício olham como um marco da nossa história que, afinal, se desvanece e dissipa no espaço e no tempo…
    Álvaro de Oliveira

    Comentar por Alvaro de Oliveira — 16/07/2012 @ 14:22

    • Obrigado Álvaro,

      Apenas comento que quando referes “nossa história”, isso significa também os moçambicanos, que por maioria de razão são desde há 37 anos os donos e guardiães desse património. ABM

      Comentar por ABM — 16/07/2012 @ 14:59

  2. Olá ABM (sigla de que nome ???)
    Só agora e volvidos quase 3 anos é que vi o teu comentário.
    Claro que quando me refiro á “nossa história”, esse termo engloba necessariamente os moçambicanos que, nunca me canso de repetir, fazem parte da família universal das minhas relações, amizades e alegrias.. Mais vincadamente até do que os meus patrícios e conterrâneos que tantas desfeitas e amarguras me têm dado antes e depois de ter voltado cá á terrinha…
    Saudades, saudades é o que me invade. Tenho um dia que lá voltar. Quelimane das minhas paixões !!!
    Álvaro de Oliveira
    alvaro.oliveira83@gmail.com

    Comentar por Alvaro de Oliveira — 09/04/2015 @ 18:29


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: