THE DELAGOA BAY WORLD

06/08/2012

TERESA SIMÕES FERREIRA

Filed under: Teresa Simões Heinz — ABM @ 22:59

Nasceu e cresceu em Lourenço Marques, uma de duas filhas (a outra é a Guida) dum médico radiologista, o Dr. Simões Ferreira. Casou com um americano e naturalizou-se. Tudo indica que de pouco ou nada se quer recordar das suas raízes. O seu segundo marido é, como foi o primeiro marido (John Heinz) um senador, que concorreu à presidência dos EUA há uns anos e perdeu. Os mais velhos lembram-se dela e dos pais nos tempos de Moçambique. Os pais, já com alguma idade, foram apanhados na loucura que acompanhou a Independência. Creio que acabaram os seus dias em Portugal.

Teresa Simões Ferreira.

Anúncios

10 comentários »

  1. É verdade….O Dr.Simóes Ferreira, conheci-o bem, pois ía quase todos os dias à Poliarte….na arcada do prédio Nauticus
    Era uma pessoa com “muita piada “… e que no seu estilo “pachorrento”…..fazia rir qualquer um.
    Tanto quanto me disseram e não sei se é verdade….ele e amulher ….acabaram os seus dias na Foz…..
    A filha, pessoa da foto, Moçambicana de origem, muito bem educada….na Suiça… onde conheceu o Heinz,primeiro marido……tornou-se cidadã Americana de gema cortando quais quer laços…..com Portugal e Portugueses…………..

    Enfim se calhar ela é que está certa !

    Comentar por João Azevedo — 07/08/2012 @ 06:30

    • Olá Joao, a minha Familia e a Familia Simoes Ferreira sao amigas de longa data. Minha Tia é a madrinha de Tereza ….a Mãe de Teresa criou e era madrinha de minha Tia. O Irmão de Teresa era o melhor amigo de meu pai tendo vivido em casa de meus avós muito tempo. Os lacos de Teresa com Portugal continuam estreitos tendo seus filhos nascidos nos EUA se naturalizado Portugueses. Um grande abraco, João

      Comentar por Joao de Abreu — 11/08/2012 @ 17:42

  2. Maria Teresa Thierstein Simoes-Ferreira agoraTeresa Heinz Kerry

    Comentar por Luisa Hinga — 07/08/2012 @ 15:51

  3. Cresci e vivi convivendo com a familia Simões Ferreira. Seu irmão mais velho Zé Pedro um dos melhores amigos de meu pai morou muito tempo em casa de meus avós. Passei muitos fins de semana com Dr. Simões Ferreira e sua esposa Balu no Bilene. Nunca mais esquecerei a primeira vez que fui com eles ao Bilene…. Ao chegarmos já havia uma fila de pessoas esperando pelo Dr. Simões Ferreira.

    Mal chegámos ele saiu do carro e foi conversar com as pessoas que o esperavam. Avisou que voltaria dentro de minutos.

    Bebeu algo, comeu um sanduiche e passou o resto do dia atendendo pacientes gratuitamente. No dia seguinte ao nascer do Sol já a fila era de mais de quilómetro.
    Ele impertubavel comecou novamente seu trabalho que só interrompia por meia hora para nos levar a fazer ski.

    Levavamos-lhe sanduiches feitas por Balu pois ele se recusava a parar para comer. Quando insistiamos …respondia “não posso, ainda tenho muitos para cuidar”.

    Conforme ia atendendo, também ia distribuindo medicamentos que ele mesmo havia comprado entre seus pacientes…

    Fez isso durante anos, cobrava dos ricos e dava seu tempo e medicamentos para os pobres. Quantas vezes ajudei a fazer sanduiches e transportar bebidas para as pessoas esperando ao sol na fila….

    Quanto a Teresa ter esquecido Portugal: essa informação nao é correcta pois não só Teresa não esqueceu como naturalizou seus filhos nascidos nos EUA Portugueses.

    Comentar por Joao de Abreu — 11/08/2012 @ 17:37

    • Olá Sr. João Abreu,

      Não me refiro a Portugal. Refiro-me a Moçambique. ABM

      Comentar por ABM — 13/08/2012 @ 20:46

    • A titulo informativo:

      Teresa Heinz Kerry: My Black Friends Call Me African American
      NewsMax.com ^ | Feb. 25, 2004 | Carl Limbacher
      Posted on February 25, 2004 10:41:48 AM MST by Carl/NewsMax

      First lady wannabe Teresa Heinz Kerry once insisted that her black friends think of her as African American and often refer to her in conversation using the term, a phrase almost universally employed by blacks in America to describe their race.

      In 1993, Grant Oliphant – the spokesman for the wealthy Mozambican-born socialite at the time – told the Los Angeles Sentinel, “Her black friends support her decision to call herself African American.”

      Oliphant described his ketchup-heiress boss as “sensitive to black issues,” saying she “traces interests in health care, human rights and the environment from her days of growing up in Africa.”

      “For decades, many of her black friends have referred to her as an African American,” he claimed.

      In a story headlined “White Woman Says She is African American, No Hyphen!” the Sentinel explained that Heinz Kerry had “long referred to herself as an African American since moving to the United States from Mozambique in 1964.”

      Oliphant justified his boss’ description of herself as African American by saying she doesn’t hyphenate the two words, saying that makes the term applicable to both blacks and whites who have come to the U.S. from Africa.

      But Ron Walters, chairman of the political science department at Howard University, objected to Heinz Kerry’s use of the term regardless of the hyphen. Walters told the Sentinel that she was not African, but a European living in Africa.

      “It doesn’t change things,” Walters said. “It’s not a consistent usage. Some people use the hyphen, and some people don’t. They mean the same thing.”

      Heinz Kerry’s description of herself as African American at a 1993 gathering of the Distinguished Daughters of Pennsylvania caused a “storm of criticism” from local black leaders, the Baltimore Sun noted on Tuesday.

      At the time, she was weighing a Senate run to replace her recently deceased husband, John Heinz, whose 1991 death made her heir to the Heinz Foods fortune and one of the wealthiest women in the U.S.

      But as recently as 1995 – the year she married Sen. John Kerry – the Mozambican emigre was touting her African roots, according to Tuesday’s Sun report.

      A call to Sen. Kerry’s presidential campaign inquiring whether his wife still refers to herself as African American was not returned by press time.

      A spokesman for Sen. John Edwards declined to comment on the flap.

      Como este artigo mostra a Tereza nunca esqueceu suas raizes, pelo contrario.
      Grande Abraco,
      Joao

      Comentar por Joao de Abreu — 14/08/2012 @ 06:10

  4. Esqueceram-se que a dita cuja Teresa S. Ferreira Heinz também tem um irmão, chamado José Pedro Simoes Ferreira, que penso que vive em Nova Iorque e por acaso é o Padrinho de um dos meus irmãos.

    Comentar por Suzana Abreu — 11/08/2012 @ 18:56

    • Ola’ Suzana, nao foi por acaso nao que o Ze’ Pedro foi padrinho de teu irmao. Durante muitos anos ele morou em casa da avo’ Conceicao. Era como um irmao para teu Pai e irmaos. Ele nao pode estar presente para o batisado por razoes politicas.
      Bjs
      Joao

      Comentar por Joao de Abreu — 12/08/2012 @ 01:20

  5. ORA AINDA BEM,QUE HÁ TANTA GENTE A LEMBRAR-SE DO DR SIMÕES FERREIRA E….. DO BOM “SAMARITANO ” QUE ERA….FAZENDO JUZ AOS MELHORES PRINCIPIOS DA SUA PROFISSÃO.
    ERA REALMENTE ….UM BOM HOMEM !
    JOÃO AZEVEDO

    Comentar por João Azevedo — 13/08/2012 @ 22:34

  6. ABM, desculpa não te ter respondido a tua pergunta sobre a Teresa ter ” esquecido” Moçambique.
    Não, a Teresa nunca esqueceu Moçambique.
    A família Simoes Ferreira assim como muitas famílias de várias geracoes em Moçambique se consideravam Moçambicanos Portuguese.
    Como muitos viam a independência da “metrópole” como algo bom é necessário.
    Seu Pai acreditava que qualquer governo Moçambicano era melhor que continuar sendo explorado pela metrópole.
    Seus planos? Continuar em Moçambique.
    Após a Independência ficaram muito “desiludidos” com a Frelimo e por segurança deixaram Moçambique.
    Teresa nunca esqueceu os pobres. Até hoje ajuda pelo Mundo fora.
    A Frelimo assim como maltratou muitos só em função da cor da pele …
    Como é o ditado? Cuidado do cachorro que morde quem lhe dá de comer….

    Comentar por João De Abreu — 02/04/2015 @ 02:18


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: