THE DELAGOA BAY WORLD

02/06/2013

GUERREIRO ZULU, FINAL DO SÉCULO XIX

Filed under: Guerreiro zulu final séc XIX — ABM @ 00:46
Imagem de um guerreiro zulu, final do Século XIX. As cores foram colocadas por mim para efeito. A riqueza cultural africana em confronto com a de meia dúzia de países europeus. Foi um confronto civilacional épico que continua a ecoar cem anos depois.

Imagem de um guerreiro zulu, final do Século XIX. As cores foram colocadas por mim para efeito. A riqueza cultural africana naqueles dias em pleno confronto com a de meia dúzia de países europeus. Foi um choque civilacional épico que continua a ecoar cem anos depois. Na terceira década do S+eculo XIX, uma parte dos Zulu migrou para o que é hoje o Sul de Moçambique, perturbando gravemente a relativa estabilidade que ali existia.

Anúncios

2 comentários »

  1. Depois da morte do Chikuse em 1891, periodo que coincide com as delimitacoes fronteiricas entre as colonias portuguesas e Inglesas, as tradicoes Ngoni de sucessao ficaram interrompidas. Regiao do monte Domwe no didtrito de Angonia, foi a base definitiva dos Angoni da etnia Maseko, no regresso de Ngongomwa, Songea, Tanzania sob lideranca de Chidyawonga, substituto interino de seu irmao Mputa Maseko pai de Chikuse. Este por sua vez deixou filhos entre os quais Mandal, Gomani, Zintambira, Nkwaira, Kabango e outros. Zintambira veio a fundar a 1a dinastia como o Rei dos Angoni, no seu regresso apos ter cumprido o servico militar em Quelimane e morreu em 1930, tendo sido sucessidido pelo seu filho Dafuleni (Dama) Rinze, falecido em 1950 e sucessidido por Marcos Dama Rinze Zintambira, na 4a Dinastia desde 1951 ate ser preso pelas autoridades coloniais portuguesas em 1958 e desterrado de Angonia viria a morrer na Beira a 22 de Julho de 1969, depois de passar pelas prisoes de Lourenco Marques actual Maputo, Ilha de Mocambique e cidade de Nampula.

    Por: Severiano Francisco Molande

    Comentar por Severiano Francisco Molande — 27/12/2013 @ 13:55

    • Sr Severiano Mondlane, grato por esta magnífica nota. Temos tanto que aprender com a História de Moçambique. ABM

      Comentar por ABM — 28/12/2013 @ 21:31


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: