THE DELAGOA BAY WORLD

22/03/2018

ALUNOS NA ESCOLA DE ARTES E OFÍCIOS EM LOURENÇO MARQUES, 1930

 

Alunos na oficina de Tipografia da Escola de Artes e Ofícios de Lourenço Marques em 1930.

6 comentários »

  1. A Escola de Artes e Oficios nao era fora de Lourenco Marques ?

    Comentar por Mario — 27/03/2018 @ 06:47

    • Olá Mário, pois….mas é o que dizia a legenda da imagem. Sei das escolas de ofícios na Beira e na Ilha de Moçmbique, e um rtigo diz que em LM havia várias. Enfim. Abraço grande, ABM

      Comentar por ABM — 27/03/2018 @ 21:01

  2. Na Moamba, onde exerci as funções de Oficial do Registo Civil da Delegação Privativa do Registo Civil do concelho, havia uma Escola de Artes e Ofícios que ficava no limite da vila – início da estrada que a ligava a vila tanto a Magude como à vila do Sabiè.
    Aqui ministravam os cursos, durante três anos, de sapateiro, marceneiro, alfaiate, serralharia e, salvo erro, electricista, findo o qual tinha equivalência ao 1º ciclo liceal ou ao preparatório da Escola Industrial. De notar que nos anos de 1960 em diante, pelo menos, os alunos estavm em regime de internato, e era frequentada tanto por indivídos de etnia negra, mista e também branca.
    A Escola de Artes e Ofícios de Lourenço Marques, foi criada pela Portaria nº 312 publicada no Boletim Oficial nº 18 de Abril de 1926 e tinha como objectivo o ensino prático profissional de diversos ofícios. Não sei, no entanto qual a zona da cidade onde funcionou.
    Pela mesma legislação foram também criadas a Escola de Habilitação de Professores Indígenas e a Granja da Chobela.

    Comentar por Fernando Silva Morgado — 05/04/2018 @ 09:30

    • Caro Sr. Fernando Morgado, que excelente e preciosa informação, agradeço a sua contribuição. Atenciosamente, ABM

      Comentar por ABM — 05/04/2018 @ 13:12

  3. Grato pelo seu comentário de agradecimento do que escrevi.
    No entanto como os assuntos sobre a terra em que nasci são o meu actual “hobby”, fui à procura do local onde funcionou a Escola de Artes e Ofícios de Lourenço Marques.
    Assim, encontrei no livro “Edifícios Históricos de Moçambique”, do meu conterrâneo e historiador preferido, Alfredo Pereira de Lima, a páginas 116 da 2ª Edição, que sua filha Maria Cristina Pereira de Lima editou já aqui em Portugal e Dezembro de 2013, aquilo que acho se refere ao assunto colocando as instalações da Escoila de Artes e Ofícios de Lourenço Marques nos terrenos da Missão de S. José, ao afirmar que “Funcionam na área dessa paróquia os seguintes estabelecimentos de ensino: escola profissional de ensino técnico…”

    Comentar por Fernando Silva Morgado — 09/04/2018 @ 16:48

    • Caro Fernando, é um verdadeiro prazer ter pessoas como o Fernando a acompanhar este blog….grato, ABM

      Comentar por ABM — 10/04/2018 @ 16:06


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: