THE DELAGOA BAY WORLD

11/04/2018

ANTÓNIO LUIZ RAFAEL, ENTREVISTA COM A HISTÓRIA, MARÇO DE 2017

Ver esta entrevista, dividida em baixo em 15 curtas secções, foi um raro e enorme prazer.

Com profunda vénia ao Projecto Arquivo de Memória Oral das Profissões da Comunicação, da Escola Superior de Comunicação (Lisboa), que gravou uma interessantíssima conversa entre António Luiz Rafael e a Doutora Júlia Leitão de Barros, registada por Paulo Barbosa, na cidade portuguesa de Évora em 27 de Março de 2017.

António Luiz Rafael, 85 anos de idade, nasceu em Lisboa a 6 de Fevereiro de 1933. Iniciou a sua actividade profissional em Portugal como locutor de rádio. Em 1956 foi para Moçambique, onde trabalhou no Rádio Clube de Moçambique em Lourenço Marques até ao final de 1975. Após o golpe de Estado de 25 Abril de 1974 e a declaração formal da independência, saiu de Moçambique e foi trabalhar para a Rádio Televisão Portuguesa em Lisboa, onde fez locução, jornalismo e entrevista. Mais tarde chefiou o Centro de Produção Regional de Évora da RTP. Está reformado desde 2003 e vive em Évora. Em 2016, publicou um romance.

Segue a entrevista de Júlia Leitão de Barros, que tudo isto aborda, em secções suaves e indexadas.

Parte 1/15 – Origens * Formação * Rádios em Lisboa * Rádio peninsular

Parte 2/15 – Rádio peninsular * Rádio Clube Português * Lourenço Marques * Grémio dos radiófilos * Rádio Clube de Moçambique

Parte 3/15 – Rádio Clube Moçambique * Censura * como se emitia reportagem * meios técnicos e humanos do RCM * teatro radiofónico

Parte 4/15 –  Organização dos turnos * RCM – informação * RCM – Ambiente trabalho * “Em africa é que eramos felizes” Censura * Financiamento do canal inglês * RCM – Financiamento * Ordenados * RCM – Programa “A hora das vedetas” Locutor / Jornalista * Entrevista a Salazar em Lisboa

Parte 5/15 – A guerra em Moçambique * RCM – Emissões em dialectos * As estrelas da rádio * revista rádio moçambique * O Nível do Português usado na Rádio * o Guião radiofónico * Sonoplastia * Centros de emissão regionais em dialeto * Rivalidades * Ser o primeiro a passar um disco * Telefonemas dos ouvintes de rádio * Espectáculos radiofónicos ao vivo

Parte 6/15 – Estudos de audiência * Custo da Publicidade * Publicidade Lida e Jingles * As radio-novelas importadas de Portugal * 25 Abril 1974 * a nova direção da RCM * 7 setembro assalto ao RCM * motivos vinda para lisboa * entrada na RTP * Formação em televisão * Formação na RTP * O telejornal da meia-noite * Os saneamentos na RTP em 1975 * Locutor / Jornalista * processo de trabalho de fazer reportagem em película * a composição da equipa reportagem * reportagens de ultima hora emitidas com bobines de imagem e som magnético separadas * “era uma época heroica” * a introdução do computador

Parte 7/15 – Os operadores imagem * trabalho em equipa * o guião de reportagem * o poder de síntese

Parte 8/25 – Jornalista que nunca fez publicidade * publicidade televisão dentro da informação * a nova geração de jornalistas formados * “calinadas em telejornais”

Parte 9/15 – Rádio e televisão atuais * “interpretações miseráveis” * “irritada ao ponto de partir a televisão”

Parte 10/15 – RTP regiões * Mudança para Évora * agenda regional / nacional * caso dos hemofílicos de Évora * relação com os políticos * Guterres casos com Cavaco Silva

Parte 11/15 – Reconhecimento da profissão repórter * Informação tendenciosa

Parte 12/15 – Motivos de orgulho * A preferência pela rádio * “a televisão é uma casa onde as pessoas tentam subir pelas costas do parceiro” * ambiente trabalho na televisão * balanço da profissão * critica ao ensino actual

Parte 13/15 – Quem gostava mais de entrevistar * o ensino da comunicação social * os jornalistas e os precários * Daniel Oliveira * Henrique Cymerman * Pedro coelho * “não temos moderadores em Portugal” * géneros jornalísticos preferidos * guerras na tv para ir ao estrangeiro

Parte 14/15 – Final da carreira na Televisão * Diário do Sul * Inicio da carreira de escritor * memórias de moçambique * considerações sobre TV actual

Parte 15/15 – Consequências da passagem da película para vídeo * implicações na edição da reportagem

3 comentários »

  1. Boa noite,
    Vi tantas vezes este senhor na RTP.
    Não fazia a menor ideia do seu percurso. Achei ser uma pessoa extremamente sincera, desempoeirada e com uma personalidade engraçada. Tipo “pão ,pão, queijo, queijo “. Abordou todos os temas de forma natural,sem quaisquer ressentimentos e foi relembrando outros colegas de profissão, muito mais conhecidos por nós, (por cá ) com amizade e saudade.
    Fiquei com grande simpatia pelo senhor António Luiz Rafael.

    Comentar por Magalhães — 11/04/2018 @ 23:13

    • Boa noite Magalhães,
      Tive o privilégio de crescer em Lourenço Marques a ouvir o Sr. António Luiz Rafael, que o meu Pai conhecia e que era uma figura de destaque num elenco já de si brilhante na rádio local (o tal Rádio Clube). Ele tinha – e mantém – aquela postura algo casual e bem disposta que por trás tem uma experiência sólida, uma formação rigorosa e uma enorme atenção ao detalhe. Ainda bem que gostou. Um abraço, ABM
      (P.S. – apaguei a colocação do outro comentário … 🙂 )

      Comentar por ABM — 11/04/2018 @ 23:58

  2. Caro ABM;
    Que gozo, para um Moçambicano da diáspora, ouvir falar o Snr. António Luiz Rafael.
    E que razao tem quando diz que só depois de sair de Moçambique é que nos apercebemos do felizes que ali eramos.
    Hambane Machaka.

    Comentar por Fernando Pinto-Vieira Penha — 12/04/2018 @ 10:51


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: