THE DELAGOA BAY WORLD

20/07/2020

NOTAS DE WILLIAM C. SCULLY SOBRE LOURENÇO MARQUES EM 1872 E 1911

Filed under: William Scully e LM 1911 — ABM @ 23:18

Em baixo, uma interessante e divertidíssima nota de William C. Scully sobre Lourenço Marques (pp. 27-51, intermitentes), incluindo uma comparação que Scully fez das diferenças que encontrou na Cidade nas duas vezes que por lá passou, primeiro em 1872 e depois em 1911.  A sua nota faz parte de um livro de viagens, muito comuns na altura, chamado, em português, O Cume das Águas Brancas (em Afrikaans Witwatersrand), nome da região, então num canto da República Sul-Africana, a cerca de quinhentos quilómetros em linha recta de Lourenço Marques, onde em 1886 se descobriu o que se provou ser o maior filão de ouro jamais descoberto no mundo. O ouro saído da região dinamizou a economia mundial (ainda presa ao padrão-ouro), constituiu o primeiro mega-investimento extractivo em África, trazendo milhões em investimento e lucros para principalmente os britânicos e foi directamente responsável pelo despontar e crescimento da então Lourenço Marques e ainda do início do fenómeno dos magaíças, com inegável impacto político, social e cultural no Sul de Moçambique.

 

Capa

P 27

P 28

P 31

P 32

P 33

P 34

P 37

P 38

P 41

P 42

P 45

P 46

P 49

P 50

P 51

 

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: