THE DELAGOA BAY WORLD

28/10/2011

DOM CARLOS I COM O MARQUÊS DE SOVERAL, INÍCIO DO SÉC. XX

Foto de Benoliel, na Ilustração Portuguesa, restaurado por mim. Para ver esta foto em tamanho maior, prima na imagem duas vezes com o rato do seu computador.

04/02/2011

HELÉNE DE ORLEÁNS, DUQUESA DE AOSTA, IRMÃ DA RAINHA DONA AMÉLIA DE PORTUGAL

Estas inserções são para a Fiona e para a Lúcia Costa, que pediram….

Heléne de Orleãs foi filha do Conde Paris. A sua história, em inglês pode ser encontrada AQUI.

Era a segunda irmã de Amélia de Orleães, que casou nos anos 80 do século XIX com o Principe Real, Dom Carlos de Bragança, mais tarde D. Carlos I de Portugal.

Tinham um irmão chamado Filipe e uma irmã chamada Isabel (mais tarde a Duquesa de Guise, ver mais abaixo).

A Fiona diz que Helena, que em 1895 casou com o Príncipe Emanuel Filiberto de Savóia, mais tarde Duque de Aosta, sobrinho de Umberto I (que por sua vez era avô de D. Carlos) que representava uma segunda linha dinástica em termos de direito ao trono de Itália, esteve em Moçambique no princípio do século XX e que terá havido um hospital na Beira com o nome de Duquesa de Aosta. Ainda não confirmei essa afirmação.

O que sei é que, de acordo com o The New York Times, no princípio do século XX, Helena esteve quase a morrer creio que de tuberculose e que fez uma viagem a África, onde melhorou. No regresso a Nápoles, onde vivia, piorou novamente e voltou a África. Ao longa da sua vida, fez várias viagens a África, tendo estado um pouco por toda a parte, provavelmente em Moçambique também.

Helena enviuvou em 1931 e casou novamente em 1936 com um tal Sr. Otto Campini. Morreu em 1951. Deixou dois filhos. Ambos morreram cedo. Um deixou descendência.

Aqui seguem algumas fotos que obtive na internet para se ver a cara da senhora.

A princesa Helena quando era mufana. Nasceu em Londres.

Helena, Filipe e Amélia de Orleãs, filhos do Conde de Paris, pretendente ao trono de França. A monarquia em França foi abolida em 1848. Falta uma irmã, Isabel, mais tarde Duquesa de Guise..

A irmã mais velha de Helena, Amélia, casou com o Príncipe Real de Portugal, Carlos.

Amélia e Carlos noivos. Amélia era tão alta (1.80 descalça) que para não dar barraca tiraram a fotografia com ela sentada. Se fosse hoje tinha arrumado a Princesa Diana.

Ou seja, D. Carlos era cunhado de Helena.

Desenho da cerimónia do seu casamento com Emmanuel Filiberto, Duque de Aosta, 1895.

Mais uma imagem do casamento de Helena com Emmanuel.

Helena logo a seguir ao casamento com o Duque de Aosta.

Ela não era feia de todo, se bem que eu ache que Amélia era mais bonita.

Ela devia ter a cintura mais esguia do mundo.

Aqui, um desenho dela um tanto idealizado, para as revistas da moda da época.

Nesta aqui ela já me parece um pouco mais rechonchuda. Se calhar o desenhador enganou-se, ou eu fui enganado.

Olha a cintura dela.

Helena com os dois filhos e o cavalinho. Gente rica era assim.

Helena com o Tareco e o Quionga.

Os duques de Aosta posam com a mãe de Helena (e de Amélia) a Condessa de Paris, com um dos netos ao colo. O outro está pendurado em Helena.

O Duque de Aosta, Emmanuel Filiberto, o primeiro marido de Helena.

Helena antes de ir à discoteca.

Helena em pose.

Aqui a experimentar a coroa.

Mais uma de coroa.

Outra pose de coroa ao alto.

Mais outra.

Pose de pé.

Aqui ela deve estar vestida com os trajes alentejanos lá da Aosta.

Helena em traje fornal.

Outra foto em traje formal. A coroa ficou em casa.

Aqui em Génova em 1905, quando Helena foi anfitriã da Rainha Alexandra do Reino Unido.

Helena com a rainha Alexandra da Grâ-Bretanha e a sua irmã (de Alexandra, isto é).

As viagens que a Duquesa de Aosta fez a África durante a sua vida. Supostamente, esteve em Moçambique.

Aliás, aqui nesta foto já se nota quelque chose de africano. Hum, o que é que será?

Entre várias coisas, Helena foi Inspectora qualquer-coisa da Cruz Vermelha. E aqui na sua farda.

A revista norte-americana Harper's Bazaar dedicou-lhe um artigo chamando-lhe a "Diana" da nobreza europeia por causa das suas viagens africanas. A Diana aqui era a deusa da caça, naturalmente.

Outra página do artigo. Claro que nesta altura ajudou que, na América, o presidente era Theodore Roosevelet, que era um maluco da caça. Inclusivé, num safari que fez, primeiro parou em Nápoles para receber umas dicas de Helena.

A duquesa em África, muito antes da Isak Dinesen.

A Duquesa de Aosta passeia-se em África.

A Duquesa segura o pára-sol.

Os Aostas numa pose original: Emanuel Filiberto, Helena, e os filhos Aimone e Amedeo.

Amedeo tornou-se mais tarde no 3º Duque de Aosta e Aimone no Duque de Spoleto e, mais tarde, 4º Duque de Aosta.

Amedeo Casou-se em 1927 com a sua prima direita Ana, filha dos Duques de Guise (a Duquesa de Guise era a irmã mais nova de Heléne e de Amélia). Morreu em 1942.

Aimone casou-se em 1939 com Irene, filha dos reis Constantino I e Sofia da Grécia. Morreu em 1948.

O marido de Helena, Emanuel Filiberto, aqui mais velhinho.

A Duquesa já um pouco cocuana.

A duquesa vestida de rigor para uma visita ao Papa no Vaticano.

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: