THE DELAGOA BAY WORLD

10/11/2011

O PAI E O INSTRUTOR DE VÔO DE MARIA ALEXANDRA CRUZ NO CHINDE, ANOS 1940

Muito grato à Maria Rita Silva, que enviou-me as duas preciosas fotografias do instrutor de vôo da sua mãe Maria Alexandra Perry da Câmara Guedes de Figueiredo Cruz no Chinde, Francisco de Sévres, e do seu avô materno (pai de Maria Alexandra) Jaime César de Figueiredo Cruz, que na altura era o Capitão do Porto do Chinde, perto de Quelimane. nos anos 1940. Explica a Maria Rita: “o Chinde de que o meu Avô era Capitão de Porto já não existe. Tratava-de de uma ilha, relativamente perto de Quelimane, que entretanto desapareceu, levada pelo mar. Sei que deram o mesmo nome a um outro sítio ali por perto”.

A Sra. D. Maria Alexandra hoje tem 85 anos de idade e deve ter sido das primeiras mulheres a tirar o brevet em Moçambique- e certamente das mais novas!  E lembra-se de tudo isto e muito mais. Bem haja e muito fico muito grato por nos deixar espreitar este pequeno episódio da sua vida.

Jaime César de Figueiredo Cruz, o pai de Maria Alexandra, que foi o Capitão do Porto do Chinde nos anos 1940, na imagem em Lisboa, em 1954, discursando na Sociedade de Geografia durante a sessão inaugural da Semana do Ultramar.

Francisco de Sévres, piloto aviador e instrutor de vôo de Maria Alexandra em 1940-1941 no Chinde, na costa ao centro de Moçambqiue, perto de Quelimane. Refere Maria Rita; "Pilotavam Puss ou Cub... aviões de 2 lugares... e quem tinha os comandos era a Mom!... no esplendor dos seus 14 anos".

A dedicatória no verso da fotografia de Francisco Sévres, datada de 4 de Fevereiro de 1942, em plena 2ª Guerra Mundial: "Para a Maria Alexandra como recordação do nosso vôo do Chinde para Quelimane, oferece o F. Sévres. Quelimane, 4-2-42."

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: