THE DELAGOA BAY WORLD

30/11/2019

OS CARDIGA FORCADOS AMADORES EM LOURENÇO MARQUES ANOS 60

Fotografia gentilmente cedida pelo Ricardo Cardiga.

 

Escreveu o Ricardo: “Eu e o meu irmão Guga fizemos parte deste grupo. Eu sou o quarto da esquerda e o meu irmão o sétimo. O primeiro da direita é o Cabo do Grupo Machado Lourenço e o que está ao lado dele é o Zé Correia (Tio do cantor Fernando Correia Marques).”

06/11/2019

O INFANTÁRIO RAINHA SANTA ISABEL EM VILA CABRAL, 1966

Imagem dos arquivos da Fundação Calouste Gulbenkian, retocada.

 

Vista do Infantário.

O CENTRO SOCIAL PAZ E AMOR EM NAMPULA, 1972

Filed under: Centro Social Paz e Amor Nampula 1972 — ABM @ 21:14

Imagem dos arquivos da Fundação Calouste Gulbenkian, retocada.

 

Um dos edifícios do Centro.

A SEDE DO CENTRO AFRICANO DE MANICA E SOFALA, 1967

Filed under: Centro Africano de Manica e Sofala — ABM @ 21:13

Imagem dos arquivos da Fundação Calouste Gulbenkian, retocada.

 

A sede do Centro Africano de Manica e Sofala, 1967.

MARCELO CONDECORA EUGÉNIO LISBOA, SETEMBRO DE 2019

Filed under: Eugénio Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa — ABM @ 21:06

 

Noticiou a Universidade de Aveiro no seu portal em 5 de Setembro de 2019 (com uns acrescentos meus):

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, distinguiu o ensaísta e crítico literário Eugénio Lisboa, antigo professor e membro do Centro de Línguas, Literaturas e Culturas da Universidade de Aveiro (UA). A 30 de agosto, Eugénio Lisboa, Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro que já tinha sido agraciado com o grau Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, recebeu as insígnias de Comendador da Ordem Militar de Sant’lago de Espada.

Eugénio Lisboa [que nasceu em Lourenço Marques em 25 de Maio de 1930  e ali cresceu] desenvolveu actividade profissional inicial e no sector petrolífero, durante vinte anos (1958-78), acumulando depois com a docência universitária de Literatura Portuguesa nas universidades de Lourenço Marques, Pretória e Estocolmo. A partir de 1978, [quando se pirou de Moçambique de vez] exerceu funções diplomáticas, como conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em Londres, durante dezassete anos consecutivos. Mais tarde, presidiu à Comissão Nacional da UNESCO e foi professor catedrático convidado da Universidade de Aveiro (1995-2000). Na sua actividade como ensaísta e crítico literário, destaca-se o trabalho sobre José Régio. É membro da Academia das Ciências de Lisboa, na Classe de Letras, e Doutor Honoris Causa pela Universidade de Nottingham, do Reino Unido (1988) e pela Universidade de Aveiro (2002). O primeiro de seis volumes das suas memórias, “Acta Est Fabula”, de 2012, foi distinguido com o Grande Prémio de Literatura Biográfica da Associação Portuguesa de Escritores. [Vive em São João do Estoril].

Eugénio Lisboa foi novamente agraciado pelo Chefe de Estado (foto: portal da Presidência da República)

MRS com o agora Comendador EL, no dia em que recebeu a condecoração, 5 de Setembro de 2019, em Belém. Imagem do portal da presidênncia da república portuguesa.

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: