THE DELAGOA BAY WORLD

20/04/2018

O JARDIM ZOOLÓGICO DE LOURENÇO MARQUES EM CONSTRUÇÃO, 1933

Filed under: Jardim Zoológico de LM 1933, LM Jardim Zoológico — ABM @ 00:38

O Ilustrado, 1 Setembro de 1933, Nº11, página 202.

 

Anúncios

18/04/2018

A CONSTRUÇÃO DA PONTE DONA ANA SOBRE O RIO ZAMBEZE, 1933

Filed under: Obras na Ponte Dona Ana 1933, Rio Zambeze — ABM @ 20:18

O Ilustrado, suplemento do Notícias de Lourenço Marques, 1 de Novembro de 1933, Nº15, página 305.

 

DRAGANDO O CAIS DE LOURENÇO MARQUES, INÍCIO DO SÉC. XX

Filed under: Draga no porto de KM 1900, LM Cais - Porto — ABM @ 20:15

Postal da Casa de A W Bayly.

O cai de Lourenço Marques em construção à direita, enquanto a draga retirava as areias ao lado.

CONVÍVIO NA PRAIA DA POLANA EM LOURENÇO MARQUES, 1906

O Ilustrado, 15 de Agosto de 1933, Nº10, página 188.

 

17/04/2018

VITOR VLADIMIRO COM MANUELA ARRAIANO NO RÁDIO CLUBE DE MOÇAMBIQUE, ANOS 50

Foto de Nuno Castelo Branco.

 

Vitor Vladimiro, à direita, com Manuela Arraiano, estrela do Rádio Clube de Moçambique. Não identifiquei a senhora no meio.

16/04/2018

LOURENÇO MARQUES VISTA DO AR, OUTUBRO DE 1933

O Ilustrado, 1 de Outubro de 1933,  Nº13, páginas 252-253.

1933. Em primeiro plano, a Av. Pinheiro Chagas já parcialmente constituída em duas faixas.

 

À esquerdo, o Aterro da Maxaquene, ainda “pelado”.

 

À direita, junto ao Aterro da Maxaquene, os campos de futebol do Desportivo, ainda no local onde mais tarde foi feita a sede e a piscina, e a seguir o campo de futebol do Sporting.

 

À direita, o Aterro da Maxaquene e as instalações do Desportivo e do Sporting.

 

ALUNOS NO LICEU SALAZAR EM LOURENÇO MARQUES, 1969

Filed under: Alunos do Liceu Salazar LM 1969, LM Liceu Salazar — ABM @ 14:18

X

X

A CASA DO CONSELHO DO GOVERNO NA PONTA VERMELHA EM LOURENÇO MARQUES

Postal, retocado.

X

15/04/2018

O ESPECTÁCULO DE WALTER DEAVES NO VARIETÁ EM LOURENÇO MARQUES, ABRIL DE 1910

Grato ao Paulo Azevedo.

 

Anúncio de um espectáculo de marionetes no Varietá pelo então mundialmente conhecido o americano Walter Deaves, no Lourenço Marques Guardian, Abril de 1910 (creio). Aproveitando o Varietá para badalar a patinagem e ainda um jogo de futebol.

 

Imagem de alguns dos artefactos usados pela equipa do norte-americano Walter E Deaves, actualmente depositados no Detroit Institute of Arts, 2000. Foto de Dirk Bakker e de Robert Hensleigh.

Palhaço.

 

Palhaço com bolas.

O HOTEL POLANA E LOURENÇO MARQUES NOS ANOS 1940

Fotos de Luis Filipe, tiradas pelo seu Pai e retocadas.

 

1 de 3.

 

2 de 3.

 

3 de 3.

MAPA DE LOURENÇO MARQUES, 1876

Filed under: LM Mapa 1876 — ABM @ 20:03

 

Mapa do que era Lourenço Marques em 1876, uma língua de terra nojenta rodeada por um pântano e protegida por uma muralha com baluartes. Fonte: O Ilustrado. 1 de Outubro de 1933, Nº13. pág. 263.

14/04/2018

O LICEU SALAZAR EM LOURENÇO MARQUES EM CONSTRUÇÃO, ANOS 40

Imagem de Luis Filipe, tirada pelo seu Pai.

 

O Liceu Salazar em construção na Polana, em Lourenço Marques. A empreitada foi perturbada pelos eventos da II Guerra Mundial. Em frente, o Parque Silva Pereira, que será reduzido significativamente nos anos 60 para se preparar uma avenida que ligaria a Praça das Descobertas com a Baixa (e que nunca foi construída).

DESFILE DE CARNAVAL NA BAIXA DE LOURENÇO MARQUES, ANOS 50

Fotos de Júlio Costa, retocadas.

 

Júlio Costa e a sua irmã num desfile de Carnaval na Baixa de Lourenço Marques, anos 50.

 

O Pai de Júlio Costa, desfilando numa carroça.

13/04/2018

CARTÃO DE IDENTIDADE DE REPÓRTER FOTOGRÁFICO DE JOAQUIM CARLOS VIEIRA, 1982

Joaquim Carlos Vieira é profissional de fotografia e vídeo. Cresceu em Moçambique antes e depois de 1975. O seu Pai é o fotógrafo Carlos Alberto Vieira, lendário expoente máximo da fotografia feita em Moçambique até hoje, infelizmente quase “apagado” do registo.

 

A credencial de repórter fotográfico de Joaquim Carlos Vieira no jornal Notícias, Abril de 1982, quando o Notícias fazia parte da máquina de propaganda do regime comunista de partido único em que o partido único era a Frelimo (as outras peças da máquina eram a Rádio Moçambique, a Televisão de Moçambique e a Agência de Informação de Moçambique). Pouco supreendentemente, o director que assina o documento em cima é nada menos que António Emílio Leite Couto, hoje mais conhecido pelo seu nom de guerre, Mia Couto. O Notícias, que nos tempos dos portugueses às tantas também se tornou um jornal oficioso do regime, também com censura e tudo, eventualmente passou a ser detido pelo Banco Nacional Ultramarino, que a seguir à independência passou a ser o banco central de Moçambique, que continuou alegremente a deter o jornal nos 40 anos seguintes. Só recentemente foi alienado para uma holding pública. A seguir levou uma vassourada mas basicamente continua a ser o que sempre foi.

JOVENS NA PRAIA DA POLANA EM LOURENÇO MARQUES, AGOSTO DE 1933

Fotografia retirada do suplemento O Ilustrado, do Notícias de Lourenço Marques, Nº9, 1 de Agosto de 1933, página 153, retocada por mim.

Duas jovens posam na Praia da Polana em Lourenço Marques, 1933. Ao fundo, o Almeida Pier.

11/04/2018

A PRINCESA PATRICIA DE CONNAUGHT

Em Lourenço Marques havia duas artérias, uma com o nome da Princesa Patrícia e outra com um dos títulos dos seus pais, os Duques de Connaught, que visitaram a Cidade no início de 1906. O Duque de Connaught era irmão do então Rei Eduardo VII do Reino Unido.

A Princesa Patrícia, cerca de 1890. Era neta da Rainha Vitória.

10/04/2018

AERÓDROMO DE MAVALANE EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 1940

Filed under: DETA - Linhas Aéreas de Moçambique, LM Aeroporto — ABM @ 16:35

 

O Aeródromo de Mavalane, Em frente, um DC-3 da DETA.

CELEBRANDO O 5º ANIVERSÁRIO DO SCALA EM LOURENÇO MARQUES, 1 DE OUTUBRO DE 1936

 

A actual fachada do Scala, retocada por mim.

 

Anúncio do programa para assinalar o 5º aniversário da inauguração do Scala. Saiu n’o Jornal de LM de 5ª feira, 1 de Outubro de 1936.

 

O filme que passou na sessão, “O Denunciante”, saiu em Maio de 1935 e ganhou vários Óscares, entre eles o de melhor actor e de melhor filme (o anúncio em cima refere “três prémios”, errando no número). Margot Grahame, a estrela feminina, cresceu na África do Sul.

MAPA DE LOURENÇO MARQUES, 1938

Filed under: LM Mapa 1938 — ABM @ 16:33

Mapa reproduzido em The African Handbook – A guide to West, South and East Africa, editado por Otto Martens e pelo Dr. O. Karstedt para as Linhas Afro-Alemãs (German African Lines), 2ª edição, Londres, 1938.

Mapa de Lourenço Marques, 1938.

08/04/2018

OS BOMBEIROS E O PAVILHÃO DE CHÁ DA POLANA EM LOURENÇO MARQUES, 1931

Imagem copiada da revista Boletim da Sociedade Luso-Africana do Rio de Janeiro, Nº1, edição de Maio-Junho de 1931, páginas 18 e 19.

 

Imagens da fachada dos Bombeiros de Lourenço Marques e do Pavilhão de Chá da Polana, 1931.

 

 

O PAIOL DE LOURENÇO MARQUES, CERCA DE 1900, FOTOGRAFADO PELOS LAZARUS

Esta imagem faz parte do álbum Views of Lourenço Marques, publicado por Joseph e Maurice Lazarus.

O paiol, onde eram guardados os explosivos e material militar, foi construído mais ou menos no mesmo local onde hoje estão as piscinas do Desportivo, em frente à antiga Câmara Municipal de Lourenço Marques (depois tribunal da Relação). Foi demolido cerca de 1919 e o terreno foi aplanado como parte do grande Aterro da Maxaquene.

xx

07/04/2018

O CAIS DE PASSAGEIROS DE LOURENÇO MARQUES, 1900, FOTO DOS IRMÃOS LAZARUS

Do álbum Views of Lourenço Marques, de Joseph e Maurice Lazarus.

O cais de passageiros de Lourenço Marques, cerca de 1900.

 

A mesma imagem, mais abrangente.

22/03/2018

A PONTA VERMELHA EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 60

Filed under: LM Ponta Vermelha — ABM @ 12:32

 

Parte da Ponta Vermelha. Ao fundo, parte do que eu quando era criança visitava e que chamava do Jardim do Paraíso. Agora os residentes da Cidade chamam-lhe Jardim dos Namorados e em vez de Jardim tem uma série de edificações que basicamente “povoaram” o jardim.

21/03/2018

O VICTORIA MEMORIAL HALL DA BEIRA, FOTOGRAFADO POR JOSEPH E MAURICE LAZARUS, 1903

O original desta fotografia, que retoquei, está guardado nos arquivos da Companhia de Moçambique em Portugal.

 

o Victoria Memorial Hall da Beira, 1903, fotografado por Joseph e Maurice Lazarus. Parece que era um salão para festas, reuniões e eventos.

19/03/2018

O PAIOL DE LOURENÇO MARQUES, INÍCIO DO SÉC.XX

Filed under: LM Paiol da Cidade — ABM @ 17:09

 

O velho Paiol de Lourenço Marques ficava situado fora da Cidade quando foi edificado, para guardar explosivos. Foi demolido aquando dos Aterros da Maxaquene e e ficava mais ou menos nos terrenos junto do actual Desportivo, em frente e um pouco à esquerda da antiga Câmara Municipal (depois Tribunal da Relação). Neste postal, é referido como um “forte”, que, tecnicamente, não era, apesar de o parecer.

Older Posts »

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: