THE DELAGOA BAY WORLD

22/04/2020

COMBOIO DEIXA LOURENÇO MARQUES PARA O TRANSVAAL, ANOS 1920

Imagem retocada.

 

Comboio a deixar Lourenço Marques, com destino ao Transvaal.

 

Locomotiva de uma das classes Santa Fe dos Caminhos de Ferro de Lourenço Marques, construída nos Estados Unidos da América pela lendária Baldwin Locomotive Works.

CARRO FERROVIÁRIO ESTACIONADO EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 1940

Imagem retocada.

 

Um carro ferroviário Michelin, estacionado na Linha 1 da estação de Caminhos de Ferro de Lourenço Marques, anos 1940.

18/08/2019

OS CAMINHOS DE FERRO EM LOURENÇO MARQUES, 1973

Imagens (com direitos de autor) de George Dutton, tiradas em Lourenço Marques em Setembro de 1973.

 

1 de 4

2 de 4

3 de 4

4 de 4

11/05/2019

LOCOMOTIVA A DIESEL DOS CAMINHOS DE FERRO DE MOÇAMBIQUE, 1970

Imagem retocada.

 

Locomotiva dos CFM Nº50, D101, a diesel, em Lourenço Marques, 1970.

01/05/2019

A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE LOURENÇO MARQUES, INÍCIO DO SÉCULO XX

Imagem retocada.

Dia de São Comboio em Lourenço Marques.

Chegada de um comboio oriundo do Transvaal à então novíssima estação ferroviária de Lourenço Marques (1ª fase) pouco depois da inauguração, ocorrida em Março de 1910 (note-se que a imagem foi recolhida já após o golpe de Estado que impôs uma república em Portugal, evidenciado pela bandeira nacional verde e vermelha, imposta pelo regime republicano). A estação inicial, muito mais rasca, que ficava do lado direito deste e mais ao fundo, ainda existe mas foi desactivada na altura (Ver o postal em baixo). Se o Exmo. Leitor reparar, ao fundo ainda não se vê a parte de trás da fachada que daria para a Praça (então chamada Azeredo, depois Mac-Mahon, hoje dos Trabalhadores) e que seria construída posteriormente e concluída cerca de 1916 (2ª fase). Note-se ainda a torre de iluminação eléctrica, que na altura era considerado o píncaro da modernidade e que permitia utilizar a estação quando os comboios partiam e chegavam durante a noite.

 

A primeira estação ferroviária que houve em Lourenço Marques, início do Século XX. Foi desactivada e substituída pela que se conhece hoje.

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: