THE DELAGOA BAY WORLD

27/04/2014

MORREU O GRANDE ANTÓNIO RITA-FERREIRA, 1922-2014

Filed under: António Rita-Ferreira 1922-2014 — ABM @ 13:38
António Rita-Ferreira, 1920-2014.

António Rita-Ferreira, 1922-2014.

 

Fiquei absolutamente desolado ao ser informado a noite passada que o Sr. António Rita-Ferreira, uma das pessoas mais especiais que conheci em toda a minha vida, faleceu no Domingo de Páscoa num hospital em Cascais (ele residia em Bicesse, atrás do Estoril, em Portugal).

Rita-Ferreira tinha 92 anos de idade e deixa dois filhos (a sua mulher e um filho, Reinaldo, já haviam falecido há alguns anos). O seu corpo foi cremado.

Conheci por puro acaso a Família Rita-Ferreira em Lourenço Marques quando tinha 12 anos, eles moraram durante anos junto do Hotel Cardoso e cerca de 1972 mudaram-se para uma casa ao lado da velha moradia na Polana onde os Botelhos de Melo já habitavam há cerca de dez anos. A casa deles ficava directamente em frente ao Núcleo de Arte.  Muitos anos mais tarde, já lhes tendo perdido completamente o rasto devido à Debandada de quase todos os brancos de Moçambique e a sua distribuição pelos quatro cantos do mundo, descubro o Sr. Rita-Ferreira por mero acaso, a residir no Estoril. Foi um encontro de mentes, e desde então mantive um contacto regular com ele.

Sobre Rita-Ferreira tanto haveria a dizer, especialmente do seu vasto conhecimento e rica experiência em Moçambique, mas deixo aqui apenas umas linhas.

Uma é um curto esboço biográfico que ele fez numa entrevista que Rita-Ferreira concedeu a Cláudia Castelo e ao IICT há dois anos, e que apenas é um indício do que ele viveu. Pode ler-se premindo AQUI. Se quiser ver em vídeo, então veja AQUI.

Outra, é um pequeno sítio reunindo algumas informações sobre a obra de Rita-Ferreira, cuja iniciativa coube ao seu filho Filipe.

Um (injustamente resumido) esboço da sua vida, editado por mim:

Nasceu em Mata de Lobos, Portugal, em 1922. Foi levado para Moçambique em 1924 com dois anos de idade e aí viveu durante 51 anos, até 1977. Completou o ensino secundário em Lourenço Marques e cursou Estudos Bantos na Universidade de Pretória (África do Sul). Ingressou nos Serviços da Administração Civil, atingindo a categoria de Administrador de Circunscrição. Em 1963, transitou, como primeiro assistente, para o Instituto do Trabalho. Em 1971, aceitou o cargo de chefe de Serviços no Centro de Informação e Turismo, onde ascenderia a técnico-director, e depois da Independência, a director. Simultaneamente, leccionou História Pré-Colonial na Universidade Eduardo Mondlane (1975-1977). À margem das ocupações profissionais, dedicou-se à investigação nos domínios da Antropologia e da Sociologia, tendo publicado numerosos trabalhos. Após ter ido para Portugal, participou no Projecto de Microfilmagem de Documentação sobre Moçambique existente na antiga metrópole (1983-85) e prosseguiu as suas pesquisas. O seu mais recente livro intitula-se Coletânea de documentos, notas soltas e ensaios inéditos para a História de Moçambique (2012).”

Quero deixar aqui as minhas sinceras condolências aos seus dois filhos e partilhar a minha tristeza e o sentimento de perda pelo desaparecimento físico do seu Pai, este homem tão invulgar, tão fascinante, com quem me entretinha durante horas e horas a falar de Moçambique.

22/04/2014

ALUNOS DA ESCOLA PROFISSIONAL DE CARPINTARIA, MALEMA, NAMPULA, 2014

Filed under: Alunos da Escola de Carpintaria Nampula 2014 — ABM @ 14:07

Fotografia de Tiago Arêas Jadoul.

 

Alunos da escola profissional de carpintaria de Malema, Nampula.

Alunos da Escola Profissional de Carpintaria de Malema, Nampula, 2014.

21/04/2014

CARLOS E JOSEFA FORNASINI EM LOURENÇO MARQUES, 1957

Filed under: Carlos e Josefa Fornasini 1957 — ABM @ 21:31

Fotografia do João Fornasini, dos seus pais. Durante anos (e anos) fomos vizinhos na mesma rua na Polana.

 

Josefa Soeiro do Amaral e

Josefa Soeiro do Amaral e Carlos António Marques da Silva Fornasini, em Lourenço Marques, 4 de Outubro de 1957. Tiveram 3 filhos, a Carla, o Carlos (Calú) e o João.

BILHETE DA DETA, 1953

Este artifacto está à venda no Ebay.

 

Capa de Bilhete da DETA, 1963.

Capa de Bilhete da DETA, 1953.

 

bilhete

Uma viagem da Beira para Lourenço Marques custava 1.570 Escudos.

O GRANDE HOTEL DA BEIRA, ANOS 60

Filed under: Beira - Grande Hotel, Grande Hotel da Beira — ABM @ 18:03

 

 

O Grande Hotel da Beira, anos 60.

O Grande Hotel da Beira, anos 60.

TOSCANO E QUINTINHA NO LOCAL EM CHAIMITE ONDE GUNGUNHANA FOI PRESO, ANOS 20

 

 

xxxx

Toscano e Quintinha em Chaimite, no Sul de Moçambique, anos 20. Aqui, Mouzinho de Albuquerque, então um obscuro capitão na expedição enviada a Moçambique para impor a Pax Lusitana, prende Gungunhana, líder dos Vátua (ou Nguni) o ramo dos Zulu em Moçambique, no dia de Natal, 1895. Suspeito que o pequeno monumento não perdure.

TROPAS DE PORTUGAL NO ROVUMA, 1916

Filed under: Soldados portugueses no Rovuma 1916 — ABM @ 17:35

 

 

Soldados portugueses aparentemente em acção junto do Rio Rovuma, no que é hoje a fronteira ao Norte de Moçambique.

Soldados portugueses em acção junto do Rio Rovuma, no que é hoje a fronteira ao Norte de Moçambique, em 1916, durante a I Guerra Mundial, combatendo o punhado de tropas alemãs na então África Oriental Alemã. O cómico nesta foto é o mufana de cócoras no lado direito da foto, aparentemente a ver a cena em primeiro plano, tranquilamente. Dado celebrar-se este ano o 1º centenário do começo desse conflito, tem-se publicado algumas obras interessantes sobre o mesmo. Em que, para os portugueses, Moçambique foi um cenário de morte terrível.

A CASA ELEFANTE EM LOURENÇO MARQUES – E EM MAPUTO

Filed under: Casa Elefante LM, Dana Michahelles - Artista — ABM @ 17:21

 

 

Uma rua de Lourenço Marques, anos 70, desenho de Dana

Um trecho da Avenida da República (actual Av. 25 de Setembro) em Lourenço Marques, anos 70, mostrando a Casa Elefante, desenho de Dana Michahelles.

 

A Casa Elefante, actualmente.

A fachada da Casa Elefante, actualmente.

SALEIRO E PIMENTEIRO DO CARLTON HOTEL EM LOURENÇO MARQUES

 

 

Um saleiro e um pimenteiro do Carlton Hotel, recentemente à venda em Portugal.

Um saleiro e um pimenteiro do Carlton Hotel, recentemente à venda em Portugal.

 

O Hotel Carlton em Lourenço Marques, anos 30.

O Hotel Carlton em Lourenço Marques, anos 30. Situado na Rua Major Araújo (actualmente, Rua de Bagamoyo).

ALUNAS DO MAGISTÉRIO PRIMÁRIO DE LOURENÇO MARQUES, 1973-74

Filed under: Alunas Magistério Primário LM 73-74 — ABM @ 16:44

Fotografia de Isilda Gonçalves, restaurada.

A nota da Isilda refere: “Alunas do Magistério Primário de Lourenço Marques -1973/74 — com jasmini kessauji, Teresa, Alice, saquina, Zubaida, Isabel Rocha, Isilda (Cila), Maria Suzete Rodrigues, Suzete, Isabel Alexandre, Ilda, Irene, Ana Moutinho, Eduarda Domingues Fernandes, Eduarda, Berta, Regina, Olga, Alcina Costa, Isabel Rodrigues, Joana, Miduce, Dulce Relvas, Lena Alves Pereira, Helena Ferraz, Isilda Pires de Melo, Clara Neto, Isabel Levi, Ana Paula Ganhão, Agripino, Arelindo e Isabel Rafael.”

 

Estudantes do Magistério Primário, 1973-1974.

Estudantes do Magistério Primário de Lourenço Marques, 1973-1974.

17/04/2014

A ESTÁTUA DE MOUZINHO EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 70

 

 

O monumento em honra do militar português Mouzinho de Albuquerque, na praça com o mesmo nome, em Lourenço Marques, anos 70. No mesmo lugar, foi colocada recentemente uma estátua evocativa de Samora Machel, o primeiro presidente de Moçambique. A estátua de Mouzinho está em exposição no átrio do Núcleo Museológico da Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição em Maputo.

O monumento em honra do militar português Mouzinho de Albuquerque, na praça com o mesmo nome, em Lourenço Marques, anos 70. No mesmo lugar, foi colocada recentemente uma estátua evocativa de Samora Machel, o primeiro presidente de Moçambique. A estátua de Mouzinho está em exposição no átrio do Núcleo Museológico da Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição em Maputo. Atrás, pode.se ver a fachada frontal da Câmara Municipal de Lourenço Marques.

EMPREGADOS DO ENTREPOSTO EM NAMPULA, 1963

Filed under: Empregados do Entresposto Nampula 1963 — ABM @ 13:34

Fotografia de Alfredo Ferreira.

 

Fotografia dos Empregados do Entresposto em Nampula, 1963.

Fotografia dos Empregados do Entresposto em Nampula, 1963.

LOJA INDIANA EM MANDEGOS, CHIMOIO, 1910

Filed under: Loja Indiana Chimoio 1910 — ABM @ 13:27

 

 

Loja indiana no Chimoio, Moçambique, 1930.

Loja indiana no Chimoio, Moçambique, 1910.

 

Outra imagem.

Outra imagem.

FERNANDO COUTO, ANOS 2010

Filed under: Fernando Couto — ABM @ 13:19

 

 

Fernando Couto, falecido recentemente, penso que com sua Mulher.

Fernando Couto, falecido recentemente, penso que com sua Mulher. Para além da sua simpatia e da sua actividade como editor, é lembrado pela sua descendência.

16/04/2014

EUSÉBIO E AMÁLIA RODRIGUES, 1990

 

 

09 de maio de 1990 de Eusébio e a fadista Amália Rodrigues, durante a viagem de avião para Viena, Áustria, para assistirem ao jogo de futebol da Taça dos Campeões. Eusébio da Silva Ferreira morreu hoje às 04:30 vítima de paragem cardiorrespiratória, Lisboa, 5 de janeiro de 2014. GUILHERME VENÂNCIO/LUSA

Foto tirada no dia 9 de maio de 1990. Eusébio e a fadista Amália Rodrigues, durante a viagem de avião para Viena, Áustria, para assistirem ao jogo de futebol da Taça dos Campeões. Amália faleceu em 1999. Eusébio morreu a 5 de janeiro de 2014. Foto de Guilherme Venâncio, da Lusa, com vénia.

BOEING 707 DA TAP, ANOS 70

 

 

Um Boeing 707 da TAP, o primeiro avião a jacto a ligar Lisboa e Lourenço Marques, nos anos 60.

Um Boeing 707 da TAP, o primeiro avião a jacto a ligar Lisboa e Lourenço Marques, nos anos 70.

JOAQUIM MENDONÇA, DESPORTISTA DE LOURENÇO MARQUES, ANOS 70

Filed under: Joaquim Mendonça desportista — ABM @ 18:01

Foto restaurada por mim.

 

Joaquim Mendonça.

Joaquim Mendonça, aqui nos anos 70 em Moçambique. Praticou desporto em Lourenço Marques. Actualmente, vive em Portugal.

JOÃO DE SOUSA, JORNALISTA E PERSONALIDADE DA RÁDIO MOÇAMBICANA, ANOS 60

Filed under: João de Sousa - jornalista — ABM @ 17:57

 

 

João de Sousa, jornalista e personalidade da Rádio de Moçambique, aqui nos anos 60.

João de Sousa, jornalista e personalidade da Rádio de Moçambique, aqui nos anos 60. Actualmente, reside em Maputo, onde mantém um programa na Rádio Moçambique e publica excelentes crónicas.

CLOTILDE BOTELHO DE MELO, NADADORA DE MOÇAMBIQUE, ANOS 1960

Filed under: Clotilde Botelho de Melo — ABM @ 17:48

 

 

Clotilde Botelho de Melo. Foi nadadora do Desportivo Lourenço Marques e campeã de natação em Moçambique e Portugal.

Clotilde Botelho de Melo. Foi nadadora do Desportivo Lourenço Marques e campeã de natação em Moçambique e Portugal. Aqui, final dos anos 60.

COMBOIO A CARVÃO DOS CFM EM LOURENÇO MARQUES, 1967

 

Comboio a carvão num dos cais da estação ferroviária de Lourenço Marques, 1967.

Comboio a carvão num dos cais da estação ferroviária de Lourenço Marques, 1967.

A SALA DO CINEMA DO GURUÉ, ANOS 2000

Filed under: Gurué - Cinema — ABM @ 17:29

 

 

A sala de cinema do Gurué, recentemente.

A sala de cinema do Gurué, recentemente.

A AVENIDA DA REPÚBLICA EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 60

Filed under: LM Av. da República — ABM @ 17:26

 

 

A Avenida da República (actual 25 de Setembro) em Lourenço Marques, anos 60.

A Avenida da República (actual 25 de Setembro) em Lourenço Marques, anos 60.

CAIXEIRO INDIANO, NO CHINDE, ANOS 1920

Filed under: Caixeiro Indiano Chinde 1920s — ABM @ 17:20

 

 

Monhé, Caixeiro Indiano, Chinde, anos 1920.

Monhé, Caixeiro Indiano, Chinde, anos 1920.

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: