THE DELAGOA BAY WORLD

20/07/2013

ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR, 1966

Filed under: Salazar — ABM @ 14:49
Uma fotografia de Salazar com uma nota de uma agência noticiosa norte-americana;

Uma fotografia de Salazar com uma nota de uma agência noticiosa norte-americana: “Nova Iorque, 24 de Abril de 1966- O Decano dos Ditadores – O primeiro-ministro António de Oliveira Salazar de Portugal, na foto em cima, completará 79 anos de idade na próxima sexta-feira, tendo passado quase metade da sua vida a mandar no país, sendo assim o ditador que manda há mais tempo no mundo. Salazar, solteiro, tem mantido o seu país sob uma mão de ferro desde que um punhado de generais o tornaram primeiro.ministro em 1932.”

10/06/2013

O BERÇO DE ANTÓNIO OLIVEIRA SALAZAR

A casa onde o diatdor nasceu e cresceu na localidade de Santa Comba Dão (onde fui sepultado em Julho de 1970). Parte do mito.

A casa onde o diatdor nasceu e cresceu na localidade de Santa Comba Dão (onde fui sepultado em Julho de 1970). Parte do mito do político que nasceu pobre e morreu pobre, ainda hoje popular entre muitos dos seus compatriotas.

 

O Professor Doutor, posando para a posteridade no início da ditadura. Herdou um país que era um caco mas a longa permanência no poder   criou outros problemas.

O Professor Doutor, posando para a posteridade no início da ditadura. Herdou um país depauperado pelas tricas da 1º República, mas a longa permanência no poder criou outros problemas, nomeadamente o colonial, o desajustamento com os níveis de desenvolvimento económico e social dos seus vizinhos europeus e a perpetuação de um paradigma insustentável, para não falar da mania do dirigismo centralizado nas decisões estatais. Quem veio a seguir teve que apanhar os cacos outra vez – e não apanhou coisa nenhuma.

 

21/02/2012

SALAZAR E O CARDEAL MANUEL CEREJEIRA, ANOS 1960

Filed under: Cardeal Manuel Cerejeira, PESSOAS, Salazar — ABM @ 10:53

Fotografia restaurada.

 

O Cardeal Manuel Cerejeira e António Oliveira Salazar em Lisboa, anos 1960.

13/02/2012

ANTÓNIO OLIVEIRA SALAZAR FALA À NAÇÃO PELA TELEVISÃO, ANOS 1960

Filed under: José Maria Mesquitela, Salazar — ABM @ 01:30

Foto dedicada ao José Maria Mesquitela, o filho mais novo duma grande Família de Moçambique.

Foto restaurada. Para ver em tamanho máximo, prima na imagem duas vezes com o rato do seu computador.

Oliveira Salazar, que governou em ditadura entre 1930 e 1968, aqui a falar aos portugueses da Metrópole pela televisão, anos 1960.

11/02/2012

A CHEGADA A LOURENÇO MARQUES DE BALTAZAR REBELO DE SOUSA, GOVERNADOR-GERAL, 1968

Filed under: Baltazar Rebelo de Sousa, Marcelo Caetano, PESSOAS, Salazar — ABM @ 17:07

Fotografia do IICT, restaurada.

Para ver a fotografia em tamanho maior, prima duas vezes na imagem com o rato do seu computador.

Baltazar Rebelo de Sousa (1921-2002) foi nomeado ainda por António de Oliveira Salazar como Governador-Geral de Moçambique, à chegada a Lourenço Marques, 1968.

Reproduzo uma nota publicada no Correio da Manhã aquando da sua morte em 2002, editada por mim:

Baltazar Rebelo de Sousa foi governador de Moçambique entre 1968 e 1970, tendo desenvolvido um percurso político próximo de Marcelo Caetano. Desempenhou funções de comissário nacional da Mocidade Portuguesa e de subsecretário de Estado da Educação de Marcelo Caetano. Foi ainda ministro dos Assuntos Sociais e das Corporações e Previdência Social. Uma das figuras mais destacadas do Estado Novo, Baltazar Rebelo de Sousa assumiu-se desde cedo como um reformista do regime fundado por Oliveira Salazar, deixando marcas nas políticas nacionais de saúde e, sobretudo, na africana. Desempenhou o cargo de governador-geral de Moçambique entre 1968 e 1970, tendo impulsionado a “africanização” do regime na ex-colónia portuguesa. A visão estratégica que evidenciou então viria mais tarde a ser elogiada pela própria Frelimo.

Durante o ano e meio que passou em Lourenço Marques, hoje Maputo, era regular o convívio que mantinha com escritores, artistas plásticos e musicólogos moçambicanos, como Malangatana, José Craveirinha e Garizo do Carmo, procurando igualmente um contacto próximo com os cidadãos mais desfavorecidos.

Regressado a Portugal, acumula os ministérios das Corporações e Assistência Social e da Saúde e Assistência, seguindo uma política de alargamento da rede de cuidados médicos e melhoria das estruturas hospitalares. Um conjunto de medidas que o situaram na “esquerda” do regime.

Em 1973, Marcelo Caetano, incontornável referência no percurso político de Baltazar Rebelo de Sousa, nomeia-o ministro do Ultramar, cargo que desempenhava aquando do 25 de Abril de 1974.

Após a “Revolução dos Cravos” exilou-se no Brasil em Junho de 1974, onde permaneceu durante 17 anos.

A ligação de Baltazar Rebelo de Sousa a Marcelo Caetano começou muito antes de este último assumir a chefia do Governo. Em Setembro de 1968, ambos integraram o influente “grupo da Choupana”, uma tertúlia de elementos ligados ao regime mas com perspectivas críticas em relação à política de Salazar.

E quando Marcelo Caetano é nomeado ministro das Colónias, Baltazar Rebelo de Sousa, ainda universitário, assume funções de seu secretário. A sua participação no Governo inicia-se em 1955, aos 34 anos, quando é nomeado subsecretário de Estado da Educação Nacional, cargo que desempenha até 1961. (fim)

03/09/2011

A MORTE DE ANTÓNIO OLIVEIRA SALAZAR, 1970

Filed under: PESSOAS, Salazar — ABM @ 00:46

Salazar após falecer, Julho de 1970. Marcello Caetano substituira-o em 1968.

 

Cartão de protocolo associado às cerimónias funerais de Salazar, imagem de José Tomaz Mello Breyner.

11/01/2011

SALAZAR – COMÍCIO NA PRAÇA DO COMÉRCIO – ANOS 30

Filed under: PESSOAS, Salazar — ABM @ 21:56

SÉRIE PESSOAS

SALAZAR - COMÍCIO NA PRAÇA DO COMÉRCIO - ANOS 30

SALAZAR – COMÍCIO NA PRAÇA DO COMÉRCIO – ANOS 30

Filed under: PESSOAS, Salazar — ABM @ 21:55

SÉRIE PESSOAS

SALAZAR - COMÍCIO NA PRAÇA DO COMÉRCIO - ANOS 30

ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR

Filed under: PESSOAS, Salazar — ABM @ 21:52

SÉRIE PESSOAS

ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: