THE DELAGOA BAY WORLD

01/09/2017

AS TOURADAS E A PRAÇA DE TOUROS MONUMENTAL EM LOURENÇO MARQUES

Filed under: LM Praça de Touros Monumental — ABM @ 00:09

Praticamente desde o final do Século XIX que há notícia de haver touradas em Lourenço Marques, que seduziam muitos dos seus habitantes de origem portuguesa, fascinavam os visitantes e certamente confundiam os seus nativos, para quem esta expressão cultural era completamente alienígena. Para além de eventos avulsos, em locais mais ou menos improvisados, a Cidade teve pelo menos três recintos criados especificamente para estes eventos (no seu excelente blogue de pesquisa, o autor refere a existência de quatro). O primeiro e mais antigo, que se pode ver nos postais antigos, terá sido edificado para os lados do Alto-Maé. Haveria outro junto do antigo campo de futebol do Sporting (segundo a minha sogra nonagenária) que terá sido demolido quando o Sporting fez o seu campo de futebol, no início dos anos 30.

O terceiro foi a Praça de Touros A Monumental, uma iniciativa privada e que funcionou a partir do final dos anos 50. Virgínia Souto, num precioso comentário, referiu:

“Conheço bem grande parte da história da Praça de Touros Monumental de Lourenço Marques.
Foi uma iniciativa da Casa do Alentejo, com o Dr. José Albino Dias, Manuel Teixeira Alves e outros associados à cabeça do projecto.
Foram emitidas Obrigações para a capitalização do empreendimento que nunca chegou a ser concluído.
Tudo correu bem até que um senhor tesoureiro deve ter confundido dinheiros…
Foi inaugurado pelo Sr Presidente da República, General Francisco Higino Craveiro Lopes, então de visita a Moçambique.
Houve várias corridas e lembro-me de dois toureiros a cavalo: D. Luís de Ataide e D. Miguel Vaz de Almada.
Durante a visita e na reportagem da mesma estava envolvido pessoal do Rádio Clube de Moçambique e dos jornais Notícias e Lourenço Marques Guardian.
Por infortúnio, a violeta onde se deslocava a equipa do Rádio Clube de Moçambique [nota: incidente em que uma avioneta que fazia a cobertura da visita presidencial de 1956] caiu e entre outros morreu o locutor Alexandre Quintão.
Na tourada posterior a este acontecimento, o Presidente da República apareceu inesperadamente.
Por desconhecimento ou omissão, foi pedido um minuto de silêncio pela memória dos mortos no acidente. Aí, o nosso mais alto magistrado sentiu-se ofendido no seu alto estatuto e, por lhe não ter sido pedida a respectiva autorização, cumpriu o minuto e retirou-se…mas a festa continuou.”

A Praça Monumental operou até 1974, quando a Debandada, a revolução radical da Frelimo e o fim do turismo ditaram o fim desta forma de expressão cultural, que na altura tinha um grupo de adeptos quase militante. Confesso que fui uma única vez ver uma tourada em Lourenço Marques e jurei nunca mais ver uma.

 

A Praça de Touros Monumental, anos 60, feita com betão armado, encaixada entre a estrada para o Aeroporto de Mavalane e a Mafalala, ao fundo. O local não é exactamente fantástico, dados os recorrentes problemas de escoamento das águas pluviais.

 

A Praça Monumental, em ruínas, cerca de 2010, já completamente cercada pelos crescentes subúrbios da Cidade.

 

Uma tourada em Lourenço Marques, cerca de 1910.

 

Mais uma tourada

Anúncios

08/05/2012

UM DIA NAS TOURADAS EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 1970

Fotografias da Colecção de Jorge Henriques Borges.

 

Foto1. Na Praça de Touros Monumental em Lourenço Marques.

 

Foto 2.

 

Foto 3.

22/03/2012

TOURADAS EM LOURENÇO MARQUES

Filed under: LM Praça de Touros Monumental, Touradas em LM — ABM @ 16:17

Uma tourada em Lourenço Marques, anos 1910. Os visitantes ingleses e boers, que jogavam golf, ténis e bowling, nem queriam acreditar no que viam. Não sei o que pensavam os moçambicanos mas não devia estar lá muito longe dos outros.

 

A assistência numa tourada em Lourenço Marques. Todos domingueiros, de chapéu de palha.

 

Uma tourada em tempos mais recentes, aqui já na Praça Monumental.

A PRAÇA DE TOUROS MONUMENTAL EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 1960

Filed under: LM Praça de Touros Monumental — ABM @ 15:37

A Praça de Touros Monumental em Lourenço Marques, anos 1960. A seguir ao Chamanculo na direcção do Aeroporto, naqueles anos de enorme crescimento a "cidade de caniço" já começava a cintar a "cidade de cimento".

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: