THE DELAGOA BAY WORLD

02/08/2018

AS TREZE BACIAS HIDROGRÁFICAS DE MOÇAMBIQUE

Filed under: Bacias Hidrográficas de Moçambique — ABM @ 10:41

Copiado do Manual de Hidrologia, de Carmo Vaz.

É interessante reflectir no impacto que a natureza tem nos assuntos humanos e ainda na relativa artificialidade da construção do que é Moçambique. Uma dessas manifestações pode ser observada no conjunto de bacias hidrográficas – as zonas a partir das quais as chuvas vão dar a um dado rio – que existem na geografia daquele País. São treze, sendo que uma só – a do Rio Zambeze – é maior que todas as outras juntas, sendo que algumas, como a dos Rios Zambeze e Limpopo, incluem vastos territórios que se situam fora do território de Moçambique.

Mas não é apenas relevante a sua existência. Também tiveram um impacto tremendo os seus comportamentos, de que destaco o ainda reltivamente pouco estudado período de trinta anos entre 1810 e 1840, altura de secas terríveis que estiveram por detrás de episódios alucinantes de migrações e de enorme violência entre os então habitantes da enorme região situada entre a margem do Zambeze e o que é hoje a cidade sul-africana de Durban e os quais tiveram um impacto que dura até aos nossos dias. Algumas crónicas referem este período mencionando de passagem o que se estava a passar, sem no entanto gastarem muito tempo nos detalhes. Mas esses detalhes não são diminutos e merecem um estudo mais aprofundado. Até porque têm vindo e voltarão a ocorrer, certamente.

Mapa contido no Manuel de Hidrologia de Carmo Vaz.

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: