THE DELAGOA BAY WORLD

03/11/2013

A RESIDÊNCIA DO DIRECTOR DO HOSPITAL MIGUEL BOMBARDA EM LOURENÇO MARQUES, ANOS 1910

A residência

A residência do Director do Hospital Miguel Bombarda em Lourenço Marques. Diz José Sacadura: “esta casa foi construida para alojamento do meu avo que foi o Director do Hospital de LM entre 1908 e 1911. O seu nome era Armando Sacadura Cabral, mas mais tarde mudou o nome para Armando Cabral Sacadura para não confundir com um primo que tinha o mesmo nome e era médico. Recordo-me de o meu Pai contar que o meu Avô ( porque a minha Avó vivia com o meu Tio em Portugal devido as febres palustres que ainda eram endémicas em LM) vivia só e decidiu transformar a casa numa espécie de república para os poucos médicos que o hospital tinha na altura e assim fazerem companhia uns aos outros. A minha Avó ainda lá morou algum tempo e, quando engravidou do meu Tio e antes de chegar a altura do parto ( como era a moda das Senhoras na altura), veio para Portugal e cá ficou até ao rebento estar mais crescidinho. Depois foi ter com o marido a Luanda, onde ele tinha sido transferido, e daí apareceu o meu Pai e voltou a dar-se a viagem para Lisboa. Os filhos foram sempre educados em Portugal até à adolescência. O meu Pai foi para Moçambique em 1939 e por ali ficou até depois do Desastre”.  Era primo directo do célebre aviador Artur de Sacadura Cabral (para ver esboço biográfico, veja abaixo da fotografia). Após a Independência, se não me engano, a Frelimo dos tempos do braço no ar “concedeu” o imóvel se não me engano à Ordem dos Advogados de Moçambique, que alugou o espaço em baixo, onde se fez um restaurante mais ou menos carote, com temas dos primeiros tempos coloniais e com o nome “1908”. Se Cabral Sacadura ressuscitasse e visitasse a casa que usou, morria de susto outra vez.

Para ler mais sobre quem foi o aviador Artur Sacadura Cabral, primo direito de Armando Cabral Sacadura, prima AQUI.

Anúncios

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: